Sem crescimento econômico, desenvolvimento social simplesmente não será possível!

Jair Messias Bolsonaro herdou, de fato, uma herança nefasta do governo Dilma-Temer, que foi a questão dos juros estratosféricos. Aliás, foi muito interessante perceber-se que, no contexto dos governos petistas, o protagonismo do Estado relativamente a induzir investimento privado na economia em favor do empresariado nacional e inclusão no mercado de consumo em benefício dos […]

Leia mais

Educação democrática exige pluralismo e abertura, e não censura!

O recente caso envolvendo a SEDUC-RO relativamente à censura de livros literários utilizados no contexto da educação básica pública de nosso estado – que ainda está muito mal explicado pelo secretário Suamy Vivecananda Lacerda Abreu – nos alerta para o necessário cuidado que a sociedade civil e suas organizações, os/as intelectuais e as instituições públicas […]

Leia mais

“Nacionalismo cultural” não tem nenhum significado no discurso do atual governo!

O discurso feito pelo agora ex-secretário especial da cultura do governo Jair Messias Bolsonaro, Roberto Alvim, no qual, entre outras coisas, afirmou que a “nova” arte brasileira será e estará alicerçada em nossos mitos fundantes, é no mínimo estarrecedora, considerando-se, no caso, que, para ele (e para o presidente que o nomeou e que ele diz representar […]

Leia mais

Simplificação da realidade e insensibilidade moral são uma mistura perigosa para a estabilidade democrática!

Não é mero acaso que, nas ciências humanas e sociais contemporâneas, utilizemos o termo sociedade complexa para significar o contexto, os sujeitos e as condições de uma democracia multicultural. Por sociedade complexa, portanto, estamos compreendendo a pluralização das formas de vida, dos sujeitos, das histórias, das práticas e dos valores próprios a uma democracia que, […]

Leia mais

O agronegócio não é a base do desenvolvimento socioeconômico e da me-lhora da qualidade de vida da população brasileira!

O Produto Interno Bruto brasileiro, que mede a produção total de riqueza – bens e serviços – nacional de ano para ano, está dividido nos três setores básicos da economia: economia primária, ou seja, agricultura, pecuária e extrativismo – o popular agronegócio; economia secundária, que diz respeito à industrialização, ligada à ciência e à tecnologia; […]

Leia mais