Detran Rondônia conquista a quarta melhor nota do país em estudo realizado pelo Observatório e Universidade Federal do Paraná

Detran Rondônia fica entre as quatro melhores notas do país

Notícias

O Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia (Detran/RO) ficou entre as quatro melhores notas dos Detrans do país em avaliação realizada pelo Observatório Nacional de Segurança Viária e pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). A menor nota de avaliação é de 0,5 e a maior foi de 7,7, sendo que o Detran Rondônia obteve a classificação de “melhor prática” com nota 7,1, a quarta melhor nota entre todos os Detrans do Brasil.

O diretor geral do Detran Rondônia, coronel Neil Aldrin Faria Gonzaga, disse que o estudo avaliou as informações disponibilizadas nas páginas da internet pelos Departamentos Estaduais de Trânsito de todo os estados e do Distrito Federal. “O estudo avaliou sete itens nos sites das instituições e o Detran Rondônia obteve notas em todos os itens avaliados, pois trabalhamos de forma transparente e com a preocupação de disponibilizar os dados para a sociedade, imprensa e autoridades, pois o trânsito é feito por pessoas e todos devem participar desse processo”.

A diretora adjunta do Detran Rondônia, Benedita Oliveira, destacou a classificação em que a autarquia conquistou na avaliação onde foi pesquisada a disponibilidade do número da frota, condutores habilitados, Centro de Formação de Condutores (CFCs), infrações, trabalho realizado sobre Educação para o Trânsito, acidentes de trânsito e atendimento ao público.

Benedita destacou que as maiores notas de classificação ficaram para os Detrans dos estados do Paraná e Rio Grande do Sul, ambas com 7,7 seguidos pelos estados de São Paulo e Sergipe que obtiveram a mesma nota 7,6, seguido de Goiás com 7,4 e em quarto lugar o Detran de Rondônia com 7,1. “A disponibilidade desses dados na pagina do Detran na internet exige um esforço de trabalho muito grande para tabular todos os dados, mas é uma determinação do diretor geral, coronel Neil Gonzaga, que entende a importância das pessoas terem ciência da realidade do trânsito como um todo, onde todos nós somos responsáveis por nossas ações nas vias”.

Benedita Oliveira também destacou a importância do estudo realizado pelo Observatório e pela Universidade Federal do Estado do Paraná que teve como objetivo contribuir com a construção de um trânsito mais seguro e humanizado para todos, e destacou as ações repressivas e educativas que são realizadas nos 52 municípios do Estado objetivando a redução dos índices de acidentes de trânsito.

Deixe seu comentário

Você precisa estar logado no Facebook para comentar.