Festa na Capital causou transmissão em massa de Coronavírus; outro evento é investigado

Notícias

Duas festas, realizadas nos últimos dias em Porto Velho, podem ter sido focos de contaminação de Coronavírus em Porto Velho. Os casos são investigados pelas autoridades sanitárias do Município e do Estado. O primeiro evento foi realizado na Avenida Almirante Barroso, na região central, no último dia 4. No local estiveram três pessoas do interior que estavam em quarentena e tiveram confirmação da doença. Segundo o secretário da Saúde, Fernando Máximo, já houve a confirmação de que várias pessoas foram infectadas.

O outro evento aconteceu no final de semana, com a participação de algumas pessoas que também receberam ordens para permanecerem em quarentena por suspeita de estarem com Coronavírus. Entre elas havia profissionais ligados a saúde.

A última festa foi interrompida pela Polícia duas vezes, após denúncia ao Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs), da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa).

O Decreto 24.887, que declarou Estado de Calamidade Pública em Rondônia no último dia 20 de março, já proibia a realização de eventos e de reuniões de “qualquer natureza, de caráter público ou privado, incluídas excursões, cursos presenciais, e templos de qualquer culto, com mais de 5 pessoas”.

O secretário Fernando Máximo anunciou uma rigorosa investigação sobre para apurar a responsabilidade criminal de que cada um dos participantes dos eventos. Veja:

Deixe seu comentário

Você precisa estar logado no Facebook para comentar.