Gratuitas e online, plataformas te ajudam a se preparar para o Enem 2020

Educação Notícias

Mesmo com o adiamento das provas, estudantes precisam colocar os estudos em dia

Mesmo com o adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, por conta da pandemia do coronavírus, os inscritos podem continuar a preparação para a maior prova de acesso ao ensino superior do país, através de recursos disponibilizados na internet. Algumas plataformas estão com os seus conteúdos liberados gratuitamente para consulta e estudo. As provas do enem tanto em sua versão impressa quanto digital serão adiadas entre 30 a 60 dias.


Plataformas online e gratuitas para os estudos do Enem 2020

Para não perder o ritmo dos estudos e auxiliar na preparação para o Enem 2020, confira algumas plataformas online e gratuitas para utilizar, enquanto as aulas estão suspensas por conta da pandemia.


SAE Digital: a plataforma disponibiliza videoaulas no Youtube. As aulas são organizadas por matérias, com os conteúdos programáticos desde o 1º ano do Ensino Fundamental até a 3ª série do Ensino Médio. 


Guia Enem: o site traz conteúdos escolares para auxiliar na preparação para o Enem. São assuntos de diversas disciplinas incluindo inglês, língua portuguesa, matemática e biologia.

Banco de provas do Inep: todas as provas do Enem estão disponíveis no site do Inep, junto com os respectivos gabaritos. Essa é uma ótima forma de estudar e conhecer como funciona a prova, principalmente para aqueles que vão participar pela primeira vez.


Stoodi: a plataforma liberou temporariamente o acesso gratuito a todas as videoaulas e exercícios com correção em vídeo. Para ter acesso aos conteúdos é preciso fazer um cadastro.


FVG Ensino Médio: a plataforma da Fundação Getúlio Vargas é voltada para estudantes do ensino médio. Nele, os estudantes podem realizar simulados no mesmo modelo das provas do Enem, fazer testes de conhecimentos gerais, com questões elaboradas com base na Matriz de Referência do Enem. A correção é realizada ao finalizar os estudos.


*com informações da Agência Brasil.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Deixe seu comentário

Você precisa estar logado no Facebook para comentar.