Imagem: Divulgação Sesau

Município de São Miguel do Guaporé recebe apoio da Secretaria Estadual de Saúde;

Notícias Saúde

O município é o primeiro do estado a decretar o isolamento social mais rígido, o lockdown.

Por F1 Notícias

Assim como fez em guajará mirim, o governo estadual enviou uma equipe de técnicos da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) e da Vigilância em Saúde (Angevisa) para o município de São Miguel do Guaporé, a fim de auxiliar no enfrentamento do novo coronavírus. A situação ficou crítica quando o município, que possui cerca de 21 mil habitantes, testou 83 casos positivos da doença.  

A equipe se deslocou da capital Porto Velho em direção ao município na última quarta-feira (27). A primeira parte da atuação dos técnicos se deu através da consolidação dos dados referentes ao número de casos confirmados. Segundo a coordenadora do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs) Estadual, Luzanira da Costa Morais, o número de casos confirmados registrados no município estavam muito abaixo do existentes. Ainda não há informações sobre o tempo em que a equipe permanecerá no local. 

Lockdown

O município de São Miguel do Guaporé foi o primeiro do Estado de Rondônia a decretar o medidas mais  rígidas de isolamento social, o lockdown. O decreto Nº 933/2020 foi publicado na última quarta-feira (27) com o objetivo de conter o avanço do Covid-19 no município. 

O lockdown determina a proibição da circulação de pessoas, com exceções para compras de alimentos, medicamentos, produtos de limpeza e higiene pessoal; Consulta e realização de exames médicos; Saques, depósitos ou pagamentos nas agências bancárias; Trabalho nos serviços considerados essenciais e obtenção ou recebimento de auxílios concedidos pelo poder público. 

Segundo o decreto, as atividades consideradas essenciais que poderão permanecer abertas são:

  • Açougues
  • Panificadoras
  • Supermercados
  • Lojas de produtos naturais (delivery) e feiras alimentícias ao ar livre
  • Serviços funerários
  • Hospitais, clínicas de saúde, laboratórios de análises clínicas e farmácias
  • Clínicas odontológicas nos casos de emergência em saúde bucal, apenas mediante agendamento
  • Clínicas veterinárias, no caso de urgência ou atendimento delivery
  • Postos de combustíveis
  • Oficinas mecânicas e autopeças
  • Serviços bancários e lotéricas (apenas para saques, depósitos e pagamentos)
  • Escritório de contabilidade, advocacia e cartórios (mediante agendamento)
  • Restaurantes e lanchonetes (delivery, drive-thru e take away)
  • Distribuidoras e comércios de insumos na área da saúde;
  • Óticas (delivery);
  • Hotéis e hospedarias;
  • Segurança privada e de valores, transportes, logística e indústrias;

Deixe seu comentário

Você precisa estar logado no Facebook para comentar.