Foto: Divulgação

Comboio com oxigênio para Manaus enfrenta atoleiro na BR-319 e atrasa entrega

Saúde

O comboio que acompanha a carga de 75 mil m³ de oxigênio medicinal composto por carretas e veículos da Polícia Rodoviária Federal – PRF e Polícia Federal – PF, não chegará na data prevista por conta dos atoleiros enfrentados na BR-319.

A rodovia que liga Porto Velho (RO) à Manaus (AM) por via terrestre apresenta diversos trechos críticos. Com um solo argiloso e o período chuvoso na região amazônica a situação fica ainda mais complicada. 

Previsto inicialmente para chegar a Manaus ainda nesta última quinta-feira (21) o comboio permanece na estrada e a previsão agora é que a chegada à capital amazonense ocorra neste sábado (23). 

Para dar apoio aos veículos que atolam, pranchas, guinchos e um aparato de máquinas estão no local. Até esta sexta-feira (22) sete caminhões com mais de 170 mil m³ de oxigênio estão trafegando pela BR-319.

Mesmo com os atoleiros a chegada do oxigênio será mais rápida do que se o transporte da carga fosse realizado através de balsas, já que duraria aproximadamente cinco dias em uma viagem de 1.239 quilômetros.

Confira os vídeos: 

Fonte: Rondoniaovivo

Deixe seu comentário

Você precisa estar logado no Facebook para comentar.