Município retomou negociação para aquisição do imunizante por conta própria após autorização pelo STF

Prefeito de Porto Velho, negocia a compra de 80 mil doses de vacinas contra a Covid-19

Saúde

O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, está negociando a compra de 80 mil doses da vacina contra a Covid-19. A articulação iniciou em dezembro do ano passado, quando ele foi pessoalmente ao Instituto Butantan, em São Paulo, para verificar a possibilidade da compra direta.

As negociações foram retomadas após autorização do Supremo Tribunal Federal (STF).

“O Município de Porto Velho está disposto e preparado para adquirir em torno de 80 mil doses desta vacina ou de outras fabricantes”, disse o prefeito.

A Prefeitura dispõe de recursos financeiros para a transação. A estratégia é ampliar a imunização do grupo de risco da Covid-19, que inclui hoje profissionais de saúde, idosos e pessoas com comorbidades.

A autorização do STF para a compra direta vale em dois cenários: caso o governo federal não cumpra o Plano Nacional de Imunização ou as doses previstas para cada estado não sejam suficientes, fato que já está ocorrendo.

COMPRA

“A compra direta não foi possível, anteriormente, por fata desta decisão do STF. Agora, caso a União não cumpra o cronograma do Plano Nacional de Imunização (PNI), estaremos autorizados a adquirir doses suplementares da vacina”, explica o prefeito.

Na manhã desta quinta-feira (25), o prefeito recebeu a visita do deputado federal Coronel Crisóstomo (PSL), que sinalizou apoio ao município para a compra de imunizantes.

“Nossa bancada não pode deixar de apoiar a população e distritos de Porto Velho. A Prefeitura pode contar que serão destinados recursos para a aquisição da vacina”, anunciou o deputado.

Na reunião, o prefeito reforçou a importância de apoio e recursos dos demais parlamentares de Rondônia na aquisição das doses. “Esperamos que esse gesto do deputado Coronel Crisóstomo sirva de inspiração para toda a bancada federal de Rondônia, para que auxiliem a maior cidade do estado na compra dessas vacinas”, finalizou o prefeito.

Texto: Pedro Bentes
Fotos: Carlos Sabino, Renato Barbato e Saul Ribeiro

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Deixe seu comentário

Você precisa estar logado no Facebook para comentar.