Atividades educacionais seguem na rede pública estadual de Rondônia por meio da internet

Educação

Professores e estudantes da rede estadual de ensino estão aderindo a um novo formato educativo. As atividades escolares serão ministradas pela internet. A tradicional sala de aula passa a ser virtual nos próximos meses com a implantação de mecanismos e recursos tecnológicos para atender o compromisso literário de educar.

O objetivo é dar andamento ao ano letivo escolar mantendo o afastamento social nesse tempo pandêmico da Covid-19, já que as escolas estão com os atendimentos presenciais restritos e os ambientes fechados aos alunos.

A iniciativa é da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e vai aplicar o novo formato aos estudantes dos 6º ao 9º anos. Num segundo momento, os alunos do 1º ao 5º anos também serão assistidos da mesma maneira. Já os do ensino médio e da mediação tecnológica seguem sendo auxiliados pelas plataformas educativas digitais.

“O novo formato é funcional. Os professores disponibilizam aos estudantes os conteúdos, atividades e exercícios numa plataforma específica de aula virtual. No mesmo ambiente é possível a interação entre aluno e professor”, explica a coordenadora regional de educação de Ji-Paraná, professora Rosângela Marun.

As aulas presenciais serão retomadas após o fim do isolamento social a ser anunciado pelas autoridades

Sobre a possibilidade de algum estudante tiver impedido de participar de aulas virtuais em decorrência da ausência de equipamentos eletrônicos, como smartphone, computador e outros afins, a coordenadora esclarece que algum responsável legal pelo estudante deve retirar o conteúdo impresso na própria escola mediante agendamento no intuito de promover atendimento personalizado e evitar aglomeração.

“Dificilmente um adolescente nos dias de hoje não dispõe de celular e internet. Mas na hipótese de isso ocorrer a escola fornecerá o material impresso, especialmente às crianças do ensino fundamental”, pondera a coordenadora, explicando que “nesses casos os pais desses estudantes serão comunicados por telefone ou outro meio eletrônico cadastrado na escola sobre a disponibilidade do conteúdo impresso a ser retirado”.

O novo formato educativo começou nesta semana e se estenderá durante todo o período em que a sociedade rondoniense mantiver em isolamento social, conforme orientam as autoridades sanitárias.