Venezuela emprega 25 mil militares para procurar acusados de invadir o país

Mundo

O chefe do Comando Estratégico Operacional da Força Armada da Venezuela, Remigio Ceballos, revelou nesta segunda-feira que 25 mil militares participam de operação para capturar mais envolvidos na tentativa de invasão do país, supostamente para que fosse colocado em prática um golpe de Estado.

“Para garantir a busca de possíveis ameaças que se encontrem dentro do nosso sagrado território nacional, vamos executar operações de busca em todo o comprimento e largura do país”, afirmou o líder militar.

Deixe seu comentário

Você precisa estar logado no Facebook para comentar.