Carro que atropelou e matou Hélio Henrique fugiu sem prestar socorro

Colegas homenageiam caminhoneiro rondoniense que morreu atropelado em MS tentando salvar mulher bêbada

Solidariedade

Colegas de estrada vão prestar uma homenagem ao caminhoneiro Hélio Henrique Carvalho Silva, 25 anos, que morreu atropelado por caminhão ao tentar tirar uma mulher bêbada do meio da BR-163, na noite de sábado, 20, em Coxim (MS), distante 260 quilômetros de Campo Grande. O acidente ocorreu no perímetro urbano em frente ao 47º  Batalhão de Infantaria da cidade.

Helio seguia sentido Campo Grande/Sonora, quando notou a mulher “cambaleando” no meio da pista. Ele parou o caminhão à margem da rodovia e enquanto tentava tirar a mulher da via, acabou atropelado por um veículo de passeio.

Com o impacto, a vítima foi lançada a cerca de 15 metros à margem da rodovia e o condutor do carro fugiu sem prestar socorro. Já a mulher saiu ilesa da situação e foi levada do local por familiares. A CCR MSVia, concessionária que administra a rodovia, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) e a Perícia Técnica foram acionadas para atender a ocorrência.

Morador de Jaru, na região central de Rondônia, o jovem atropelado trabalhava na empresa Tend Tudo, naquela cidade, para onde o corpo foi levado.

Fonte: Folha do Sul

Deixe seu comentário

Você precisa estar logado no Facebook para comentar.