Consumidora registrou queixa contra a Energisa na polícia

Empresária tem fornecimento de energia interrompido em Colorado do Oeste mesmo com conta paga há mais de 20 dias

Interior do Estado

 
Uma empresária da cidade de Colorado do Oeste registrou, com revolta, o momento em que um funcionário da empresa Energisa realizou o corte de fornecimento de energia em seu estabelecimento, mesmo com a conta já tendo sido paga há 21 dias.
 
Segundo a comerciante, sua fatura de mais de R$ 500,00 venceu no dia 06 de agosto, e no dia 27 ela foi notificada sobre a possibilidade de corte, realizando o pagamento no dia seguinte, como mostra o cupom fiscal.
 
No entanto, nesta quinta-feira, 17, 21 dias após o pagamento, funcionários da empresa Energisa foram até seu estabelecimento e interromperam o fornecimento.
 
Como estava com a fatura atual vencida há 16 dias úteis, a empresária acreditou que o corte fosse por causa dela e questionou o funcionário sobre não ter sido notificada, mas o homem não quis ouvi-la, e mesmo assim rompeu o lacre do medidor.
 
Após procurar a Delegacia da Polícia Civil e registrar um boletim de ocorrência contra a Energisa, pelo fato de não ter sido notificada, a mulher foi informada por seu advogado que a situação era ainda pior, uma vez que a interrupção da energia não foi feito pelo atraso da fatura em aberto, e sim pela que ela já havia pago a quase um mês.
 
Diante da situação, a reportagem do site procurou a empresa Energisa, onde foi informada que a partir de 15 dias do vencimento de uma única fatura, o corte já é realizado, porém, normalmente o cliente é notificado na fatura seguinte, antes da interrupção do fornecimento -mas esse procedimento não é regra.

CLIQUE ABAIXO e assista o vídeo.

Fonte: Folha do Sul

Autor: Leir Freitas

Deixe seu comentário

Você precisa estar logado no Facebook para comentar.